COMBATA OS INIMIGOS E VENÇA A BALANÇA

Outro dia escrevi aqui no blog sobre os alimentos funcionais e a repercussão foi bem bacana. Por esse motivo, hoje resolvi discorrer sobre o contrário dessas comidinhas do bem: os inimigos da dieta, produtos que intoxicam o organismo e dificultam a perda de peso. Saiba quem são e redobre a atenção na quantidade deles em seu cardápio:

- Sal

Esse pózinho branco pode parecer inofensivo, mas em excesso é um grande perigo. A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que o consumo diário não ultrapasse dois gramas. Abusar do sal pode causar hipertensão arterial e retenção hídrica.

- Açúcar

Tão nocivo quanto o sal, o açúcar em excesso causa danos sérios à saúde. Rapidamente ingerido e absorvido pelo organismo, o produto aumenta os níveis de glicose e aceleram o acúmulo de gordura nas células.

- Refrigerantes

Uma mistura de conservantes e açúcar (cada copo da versão normal tem até sete colheres), os refrigerantes, além de serem pobres nutricionalmente, dificultam a a absorção de substâncias importantes como o magnésio e o zinco, essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico e a produção de energia.

- Embutidos

As carnes processadas têm grande quantidade de corantes, conservantes artificiais, gorduras saturadas e sal, produtos que comprometem o sistema cardiovascular e dificultam o emagrecimento. Além disso, formam no organismo substâncias que aumentam as chances de desenvolver doenças como o câncer.

- Farinha branca

Pobres em fibras, as farinhas brancas elevam de maneira rápida o nível de glicose no organismo, mas em um curto espaço de tempo levam à hipoglicemia. Alimentos à base de farinhas integrais dão mais saciedade e têm mais benefícios à saúde sem comprometer o sabor.

“OS INIMIGOS DA DIETA”

Quando alguém decide fazer reeducação alimentar para emagrecer é preciso estar preparado para, se não falar definitivamente ‘não’ para alguns tipos de alimentos, diminuir drasticamente o seu consumo. Meu endocrinologista, Mauro Figueiredo, fala que gordura, fritura, açúcar e sódio são os principais inimigos de quem briga por uma silhueta fina, e que saber dosar seu consumo é o segredo do sucesso não só da perda de peso, mas de uma vida saudável.

Gordura e fritura podem ser incluídas na mesma categoria. Encontradas, claro, em todo alimento frito, e em outros como chocolate, queijos amarelos e bolachas recheadas, têm o poder de acabar com qualquer dieta. Resista a eles e os troque por queijos brancos, verduras, frutas, legumes e carnes magras. Vale a pena.

O açúcar é outro alimento que precisa de atenção especial, pois não está presente apenas em doces. Massas têm açúcar, para se ter uma ideia. O problema é que o corpo precisa de açúcar para funcionar perfeitamente, o que quer dizer que a substância pode ser ingerida, mas em quantidade pequena. Quanto menos, mais resultado.

O sódio é o mais perigoso dos quatro elementos: aumenta a pressão arterial, faz reter líquidos e gera inchaço. Nocivo à saúde, ele está presente na maioria dos alimentos industrializados, sejam eles doces ou salgados (o refrigerante, mesmo o diet, tem doses altas da substância). Dê uma olhada na embalagem dos produtos no supermercado antes de colocar no carrinho. Alguns têm índices altíssimos, mais do que que a quantidade máxima recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que é de 2 gramas por dia. Macarrão instantâneo, por exemplo, é uma bomba.